Tuesday, October 29, 2013

Como viajar com seu bichinho de estimação - detalhes

Olá gente!

Voltei para dar dicas de como fazer para viajar com seu pet dos EUA para o Brasil, e também para falar do aperto que passamos por causa de um descuido meu :'( Mas, ainda bem, deu tudo certo!
Bom, como muitos de vocês já devem saber, meu marido e eu compramos um gato nos EUA que, carinhosamente, demos o nome de Nenê. Ele é um American Black Tabby e é uma doçura e é claro que eu não iria abandonar meu fofuxo nos EUA durante 7 meses por causa do deployment do Adam, então eu o trouxe para o Brasil! Depois de muita burocracia, é claro!

Vou relatar agora onde foi que eu errei, para que você não faça o mesmo que eu, caso queira trazer seu amiguinho de quatro patas para o Brasil:

Primeiramente, eu cometi a burrada de não pesquisar direito!!! Se eu tivesse sentado e com muita calma pesquisado os documentos necessários e O PRAZO DA VACINA ANTI-RÁBICA, nós não teríamos passado pelo sufoco que passamos.
Acontece que, quando você for viajar com seu animalzinho, você precisa ter certeza de que ele tomou a vacina anti rábica com pelo menos 30 dias antes da viagem! Esse é a única exigência do governo brasileiro para que seu animal entre no país. Se você estiver vindo de um dos países em que a raiva já foi erradicada, daí o Brasil não faz essas mesmas exigências. Para ter certeza quais as exigências do governo em relação ao país de origem do seu animal, é só entrar no site do ministério da agricultura: http://www.agricultura.gov.br/animal/animais-de-companhia/transporte-internacional

 Resumindo: o meu gato tomou a vacina 15 dias antes da viagem e a mulher que carimba o International Health Certificate, disse que, ou o meu gato não poderia viajar conosco, ou eu teria que esperar mais 15 dias para trazê-lo! Nenhuma das alternativas eram consideráveis, obviamente! Eu não teria com quem deixar meu bichano e também já tínhamos comprados as passagens para ir para o Brasil.
Mas, depois de muitas lágrimas de decepção, de cansaço físico e emocional (lembrando que estávamos esvaziando o apartamento e nos preparando para dizer bye bye por 7 meses), - finalmente consegui convencer a mulher a carimbar o documento quando mostrei um e-mail que o ministério da agricultura tinha me mandado.
Apesar de termos tido êxito, o meu conselho é: não deixe a vacina anti-rábica para última hora! Você pode correr o risco de viajar sem o seu animal!

E para finalizar essa parte do meu post, quero dizer que o pessoal que trabalha no aeroporto internacional de Guarulhos nem ligou! Eu quem tive que dizer pra eles que estava trazendo um gato dos EUA e perguntei se eles não iriam olhar os documentos! Se eu não tivesse dito isso, eu teria ido embora "numa boa", porque eles, em momento algum, pediram para olhar meu gato e ver se ele era vacinado ou não! Eu já estava saindo pelo portão do desembarque quando decidi voltar e perguntar! Eu acho interessante postar isso aqui porque, na época, eu não encontrei nada na internet que falasse o que acontece se o animal não tem os 30 dias de vacina.

Mas, mesmo assim, é sempre bom fazer o que é certo! Por isso, aqui está o passo a passo para viajar com o seu pet. O link do International Health Certificate já foi postado aqui pelo meu marido, é só dar uma procuradinha no blog ;)

1. Checar a carteirinha de vacina do seu animal e ter certeza que a vacina anti-rábica foi dada com 30 dias antes da viagem, mas com menos de 1 ano da data de viagem.

2. Procurar por um veterinário que tenha autorização de preencher o International Health Certificate. Nem todos sabem do que se trata e nem todos podem fazer um para o seu pet. Também é importante que você já leve uma cópia impressa porque já houve casos de o próprio veterinário preencher o certificado errado e o animal foi proibido de viajar. Tenha certeza que você tem o Certificate certo, que no caso seria o que tem os dados em português e inglês. O veterinário vai examinar o seu pet. Aproveite para tirar todas as suas dúvidas concernentes à saúde do seu bichinho, principalmente durante vôos longos. O meu gato ficou um pouco assustado, mas até que ele se saiu bem! :D


3. Depois disso, leve o International Health Certificate até o USDA mais próximo de sua cidade. É claro que você vai precisar agendar a visita até lá. Caso não queira fazer isso, mande o documento pelo correio e eles entregam carimbado em 3 dias úteis, no máximo. É claro que todo esse processo consome dinheiro. Então prepare o bolso.

4. Certifique-se de todas as exigências da sua cia aérea em relação ao seu animal. Cada cia tem seus próprios requisitos e normas, desde o tamanho da gaiola do seu pet, até os tipos de animais que eles transportam. Esse tipo de informação é encontrado no site da empresa ou mesmo por telefone. Mais uma vez: prepare-se para pagar as taxas que a empresa aérea estipula, tanto para vôos domésticos, quanto para os internacionais. Você vai precisar reservar a viagem do seu bichinho com antecedência.
Nem todas as cias aéreas transportam animais.


Lembrando que os aeroportos do Brasil não têm a quarentena (onde os animais ficam até dar a data da vacina ou até eles decidirem que seu animal está apto para sair do aeroporto por questões de documentação e saúde). Portanto, reza a lenda que alguns animais são destruídos (sim, é esse o termo que eles usam), caso faltem documentos ou se seu animal não condiz com as normas de saúde. Mas, como eu disse anteriormente, não teve uma alma viva que foi ver o que eu tava carregando na gaiola no aeroporto de Guarulhos! Mas é bom não arriscar.

Bom, essas foram as minhas dicas, de acordo com a minha própria experiência. Qualquer dúvida é só pedir um help!

beijinhos!





Sunday, October 20, 2013

Sunday, October 13, 2013

Tips for bringing your Cat to Brazil from America

If you want to bring your pet from America to Brazil. Here are some tips and things that we learned from bringing our cat to Brazil.

First thing I would do is call the USDA and see if anything has changed  for regulations and requirements. You can look up the USDA office for which area you are in here:

http://www.aphis.usda.gov/animal_health/area_offices/ 

Secondly, PLAN AHEAD, and start getting everything prepared some months in advanced. You need to make sure you are good financially, because there are fees to pay the vet for checkup and vaccine. There are also expensive Airline, and USDA fees to get this all done. You also might need to buy a new crate to abide by the Airlines regulations. It is not cheap to do all this.  

You need to give your cat a rabies vaccine at least 30 days prior to leaving or else the USDA wont stamp your health certificate. If you don't get the International Health Certificate stamped by the USDA, you wont be able to travel with your pet, they check for this stamp when you check in at the Airport. I will just say that we had problems with this.

You need to get a USDA approved Vet to sign off on your International Health Certificate, so you need to set up an appointment so that they can do a check up and make sure hes healthy. For us we had to set up this appointment within 10 days of the flight.

After you get your International Health Certificate signed off by the Vet, you can call your USDA office to schedule an appointment to go in and get the IHC stamped in person, or you can send it to them by mail and they will send it back.  I would call them to make sure you can get it stamped within that 10 day time period. You can find the Office Locations in the link above.

It is important you call the Airline you will be traveling with and see what their regulations and fees are for bringing animals. Ask them what kind of crate is required to bring so you can make sure they will allow the animal on the plane. Animals need a certain size crate so they have enough space for travel.

All documents needed:
- International Health Certificate (In Portuguese and English)
- Rabies Certificate (with date the animal received the vaccination at least 30 days prior to leaving)

After you have everything-- Crate and all your Documents,  I would review all your documents and make sure you aren't missing anything. Once you feel ready you can begin to travel.

When you get to the Airport you show them the International Health Certificate and pay the fees for the animal to travel. After that you should be good to go. When you get to Brazil they might not even ask for all your documents. But if you have everything you will not have any problems.

Sunday, October 6, 2013

Adventures Since Marriage

Mnt Rainer and Milky Way
Here is a list of some of the amazing places we have been to as a couple so far. There are still a lot of places we want to visit, but here is our beginning list. Traveling is one of the most exciting things we get to do with the situation we have been in as a Long distance couple. Since I have been with Larissa we have been able to see parts of the world I never thought I would be.



1. Mount Rainer, Washington
2. Vancouver B.C., Canada
3. Cruise: Buzios, Ihabelha, Salvador, and Rio De Janeiro
4. Maui, Hawaii
5. Bainbridge Island
6. Brazillian Camping Spots: Vale das Grutas and Fazenda Canaã in Altinópolis
7. Sao Paulo City
8. Santos, Sao Paulo

Common Cities Visited in Brazil: Batatais, Riberao Preto, Altinópolis, Brodowski in Sao Paulo State

Common Cities Visited in USA: Fife, Seattle, Federal Way, Milton, Tacoma, Puyallup, Bellevue, Issaquah, Kirkland, Tacoma, Tukwilla

Random Road Trip Stops: Ellensburg, Northbend, Port Angeles, Olympia National Park

--------------------------------------
Future Plans:

Road Trip Across America
Victoria B.C., Canada
Europe
California